Atrações, Boston, Eventos Públicos, Outras Cidades de Massachusetts

Esculturas de areia em Revere

Você sabia que há um concurso de esculturas de areia aqui na Nova Inglaterra? Não? Nem nós, foi uma grata surpresa quando descobrimos. Ontem (26/07), nós fomos no Festival Nacional de Escultura na Areia em Revere, cidadezinha costeira que fica bem ao lado da parte leste de Boston, ou seja, bem pertinho.

A cidade e a praia

A cidade de Revere, distante 8km do centro de Boston, está na parte nordeste de Massachusetts e tem aproximadamente 51 mil moradores. Desses, 27% são imigrantes, principalmente de países hispânicos. Ou seja, tem bastante gente falando espanhol por lá.

É muita gente!
É muita gente!

Antigamente Revere era parte de Boston, depois tornando-se parte da cidade de Chelsea, até a emancipação em 1871. E, como quase toda cidade da região, teve participação na Revolução Americana, tendo sido lá a primeira batalha naval.

A cidade é bem pequena e ponto mais interessante dela é a praia, chamada de Revere Beach (criatividade), e que é considerada a primeira praia pública dos Estados Unidos.

Roda gigante!
Roda gigante!

Até 1950, ela era aqui o que Coney Island é para Nova York: uma local à beira-mar com parques de diversão e restaurantes. Depois disso, a praia caiu em decadência até o governo começar a revitalizá-la em 1980. E vamos ser sinceros: tem prédios semi-novos, alguns restaurantes e uma avenida. E é isso. Nenhuma atração relevante… Tem outras praias mais bonitas em Massachusetts, mas o ponto positivo de Revere é que você chega até lá de metrô. Acaba se tornando um passeio rápido e barato no verão.

Partindo do centro de Boston:

  • Para chegar lá de metrô, linha azul até as estações de Revere Beach ou Wonderland, que é a última estação desta linha.
  • Para chegar lá de carro, Rota 1 sentido Norte até a Revere Beach Parkway, depois sentido leste nessa Parkway.

O evento

O Revere Beach National Sand Sculpting Festival, ou em bom português, o Festival Nacional de Escultura de Areia na Praia de Revere, é realizado há 12 anos nas areias da praia de Revere, como o nome já diz. É o maior festival desse tipo na costa leste dos Estados Unidos e dura os 3 dias, sexta-sábado-domingo, do último final de semana de Julho. A céu aberto, o evento é gratuito e começa às 10h e termina às 22h na sexta e no sábado, já no domingo ele termina às 20h.

Esculturas...
Esculturas…

O ponto alto do Festival é no sábado, com a premiação dos vencedores nas duas categorias em disputa, individual e em equipes, e cada um dos vencedores recebe US$ 15 mil de premiação. Além disso, há shows ao vivo no palco e muitos food trucks para a galera provar comidas de vários tipos e regiões. No final do dia, uma queima de fogos de artifício (os americanos adoram ver fogos). Em 2014, mais de 600 mil pessoas passaram pelas areias para ver as obras.

Banda District 23 no palco!
Banda District 23 no palco!
Vencedora solo deste ano: Open Your Mind and Let Your Spirit Fly Out da artista Melineige Beauregard
Vencedora solo deste ano: Open Your Mind and Let Your Spirit Fly Out da artista Melineige Beauregard
Vencedora equipes deste ano: Salt of Earth de Ilya Filmonstev e David Ducharme
Vencedora equipes deste ano: Salt of Earth de Ilya Filmonstev e David Ducharme

Duas curiosidades: a areia que eles montam as obras não é a areia da praia de Revere, porque ela é considerada muito dura para o trabalho. Então eles importam areia de outras praias, que são mais maleáveis e endurecem com água. É tipo esculpir em barro. E é uma quantidade considerável: quase 10 toneladas.

Spirit of Massachusetts.
Spirit of Massachusetts.
Escultura dos patrocinadores
Escultura dos patrocinadores

A outra curiosidade é que os artistas têm 24 horas para fazer as esculturas. A pegadinha é que eles não precisam fazer o trabalho continuamente, podendo dividir essas horas durante os dias anteriores ao festival.

Inspiração em Game of Thrones?
Inspiração em Game of Thrones?

Para visualizar as obras, há barreiras de metal entre o público e as esculturas, fazendo com que você tenha que invariavelmente andar num “corredor” entre as barreiras de metal e a divisória de cimento entre a calçada e a areia da praia, e lógico, com muita gente tentando ver as esculturas e fotografá-las.

Galerê se espremendo para ver as obras...
Galerê se espremendo para ver as obras…

Se você está pela região e estiver na época do evento, dê uma olhada no site deles e compareça. É muito, muito legal ver essas esculturas e lembrar do “tonho da lua”. Claro que aqui a parada é séria.

This is not Alice in Wonderland.
This is not Alice in Wonderland.

Té a próxima!

=)

Quer ler um pouco mais das nossas aventuras por Boston? Entre aqui 🙂 E acompanhe o blog pelas redes sociais, todos os dias temos conteúdo exclusivo em todas elas: Facebook, Instagram e Twitter.

Fotógrafo, barbudo, viciado na Craigslist e wikipedia ambulante.