USA, Visto

Estudando nos Estados Unidos: Diplomas e Testes

Num dos primeiros posts desse blog, nós falamos sobre como tirar o passaporte brasileiro, aplicar para o visto de turista B1/B2 preencher o formulário DS-160, além de dar nossa opinião sobre todo o processo. Já o post de hoje é o primeiro de uma série para “usuários avançados”, que já têm passaporte e buscam estudar nos Estados Unidos. Hoje vamos falar das instituições de ensino, os diplomas concedidos e os testes necessários para sua inscrição numa faculdade americana.

Ensino superior nos Estados Unidos

Antes de tudo, vamos descrever como é o ensino aqui nos Estados Unidos e quando falamos de ensino é tudo pós-ensino médio, sinceramente eu não faço idéia como é para fazer intercâmbio, work experience e qualquer coisa do tipo. Então, se você ainda está colégio, fale com os seus pais e comece a separar um dinheiro, depois volte aqui e leia tudo. =)

Yale University
Yale University

O ensino superior aqui na “terra da liberdade” é dividido (por mim, pra facilitar) em:

  • Community Colleges – Chamado de tecnólogo no Brasil, são formações de 2 anos focadas no mercado de trabalho, ou seja nada de enrolação, além de serem mais baratas. Muita gente que estuda ou estudou em faculdades prestigiadas começou numa Community College, e por que isso? Bom, por ser mais barata, você pode fazer todas aquelas matérias comuns a todos os cursos superiores lá e depois transferir o crédito para outra instituição para terminar o seu bacharelado. Os diplomas são geralmente certificados, Associate of Arts (A.A.) quando é ligado a área de humanas e sociais aplicadas, e Associate of Science (A.S.) quando é ligado a área de exatas ou biológicas. Há também o Associate of Applied Science (A.A.S), quando o curso é mais tecnológico. Cabe dizer também que com esses diplomas (menos o certificado), você já pode aplicar pra um mestrado (o que eu não recomendo).

    Community College
    Community College
  • Undergraduate – São os bacharelados de 4 anos, que podem ser feitos em faculdades públicas ou privadas. E sim, nos dois casos você vai pagar, a diferença é que a pública é de 20 a 30% mais barata que uma particular. Os diplomas seguem a mesma divisão por área como nas CC e são geralmente Bachelor of Arts (B.A.) e Bachelor of Science (B.S./B.Sc.). Os dois primeiros anos são de matérias básicas das áreas e os dois últimos são específicas da sua escolha profissional, também chamada de major, que são quase todas que conhecemos no Brasil, a exceção é Direito, Medicina, Odonto e Farmácia. Para o Direito, leia o próximo tópico. Para as outras, você vai fazer o curso chamado de Pre-Med, que não é uma major e sim um apanhado geral da área da saúde.

    University of Michigan
    University of Michigan
  • Graduate – Aqui é que o brete aperta e você está no topo da humanidade (ou não). São os mestrados (2 anos) e doutorados (mínimo de 4 anos), profissionais como o Master of Business Administration (MBA) e o Juris Doctor (J.D) ou acadêmicos como o Master of Science (M.S) e o Doctor of Philosophy (PhD). Ao final dos cursos, você está acima do mercado e no caso de algumas profissões como médico, advogado, dentista, estes cursos são obrigatórios, até você terminar você não pode exercer a profissão. Ou seja, aqui doutor é realmente doutor. A maioria dos mestrados é na mesma faixa de preço das graduações, já os doutorados acadêmicos são em grande parte gratuitos e os profissionais, pagos.

    PhD Knowledge do Matt Might - http://matt.might.net/articles/phd-school-in-pictures/
    PhD Knowledge do Matt Might – http://matt.might.net/articles/phd-school-in-pictures/
PhD Knowledge do Matt Might - http://matt.might.net/articles/phd-school-in-pictures/
PhD Knowledge do Matt Might – http://matt.might.net/articles/phd-school-in-pictures/

Um bom lugar para procurar faculdades que são credenciadas pelo governo é aqui.

College Navigator
College Navigator

Testes padronizados

Antes de entrar nos requisitos por cada um dos níveis, vou fazer um resumo, e sim, depois vamos fazer posts completos, sobre testes padronizados necessários:

  • TOEFL – Test of English as a Foreign Language, ou seja, um teste de inglês para quem não é nativo na língua ou não tem nenhum diploma de uma instituição americana. Hoje em dia, em quase todos os lugares o teste é feito no computador (iBT), levando, no mínimo, 3 horas e meia para ser completado. Ele é dividido em 4 áreas: Leitura (reading), escuta (listening), fala (speaking) e escrita (writing), cada uma valendo de 0 a 30 pontos, ou seja a pontuação máxima é 120. Custa Us$215, ou R$709,50 na cotação de 14/07/15. Duas dicas: Agende seu teste com antecedência e estude para prova. Ela não é difícil mas é chata e cheia de macetes para aumentar a sua nota.

    Exemplo de questão do TOEFL
    Exemplo de questão do TOEFL
  • IELTS – International English Language Testing System, é um teste de inglês usado em substituição ao TOEFL por outros países e a divisão da prova também é bem parecida. Os resultados são, em ordem crescente, de 0 a 9 e fazer o teste custa R$500, levando 3 horas para concluir. Minha dica: Se você pensa em inscrever-se para faculdades de fora dos EUA também e a sua faculdade escolhida aqui aceita o IELTS, acho melhor você só fazer ele para poder baratear os custos.
  • SAT – Scholastic Assessment Test, ou seja, é o ENEM dos Estados Unidos, reunindo conteúdos do Ensino Médio mas voltados mais para o raciocínio lógico, podendo ser específico (SAT II ou subject test) ou geral (reasoning test), dependendo da instituição de ensino. É obrigatório para estrangeiros e nativos que querem bacharelados. Leva 3 horas e 20 minutos no mínimo para concluir o teste e, se você precisa fazer os dois, você não poderá fazer juntos. Custa US$89,50 ou R$295,35 para o geral, já o específico custa US$61,00 ou R$201,30. Minha dica: não chute na prova, pra cada 4 chutes errados uma resposta certa é anulada.

    Gabarito do SAT, sim tem que ser no lápis
    Gabarito do SAT, sim tem que ser no lápis
  • ACT – American College Testing, é um teste solicitado no lugar do SAT por algumas instituições. Esse sim é focado apenas em conteúdos ensinados no colégio. Leva, em média, 3 horas para ser concluído e custa US$96,50 ou R$318,45. Duas dicas nesse aqui: Chutar se você não souber uma questão já que nele você não é punido e agendar com MUITA antecedência porque ele tem bem menos datas no ano.

    Divisão SAT e ACT nos EUA
    Divisão SAT e ACT nos EUA
  • GRE, GMAT, LSAT, MCAT – São testes que servem para quem vai entrar no mestrado ou doutorado e só podem serem feitos por quem já tem uma graduação. Um exemplo de algo parecido do Brasil é o teste da ANPAD. Todos eles avaliam as áreas de raciocínio lógico, compreensão de texto e redação, além de assuntos específicos da sua área. Como exemplo, o GRE custa US$ 195 ou R$643,50. Minha dica: estude matemática básica de ensino médio.

    Exemplo de questão do GRE
    Exemplo de questão do GRE

Aplicando para estudar: Outros requisitos

Todas elas pedem coisas em comum como:

  • Formulário de inscrição com seus dados pessoais e escolha do curso, a maioria tem aceito inscrições feitas através do The Common Application ou Universal College Application, mas tem outras que ainda pedem formulários próprios.

    The Common Application
    The Common Application
  • Cópias dos seus documentos pessoais como o passaporte.
  • Diploma e histórico de ensino médio e/ou graduação originais e traduções em inglês certificadas.
  • Resultado do TOEFL –  Para CC algo entre 30 e 60 pontos, para Undergraduate entre 60 e 100 pontos e para Graduate entre 80 e 115 pontos. Nunca vi alguém pedir a nota máxima. E sim, as notas variam conforme o prestígio da instituição. Mas vale a dica: muitas delas não ligam se você não alcançar por poucos pontos a nota de corte, geralmente elas vão te botar num curso de inglês para estrangeiros na própria instituição.
  • Comprovante de renda, fundos ou patrocínio com não mais de 6 meses – Não, não é só vir com a cara e a coragem achando que eles vão te deixar estudar. Se você não comprovar o valor de um ano de estudo mais despesas domésticas, pode esquecer o sonho de ter um diploma americano, você não vai conseguir tirar o visto F1, logo não vai poder estudar. Os valores começam em US$14 mil e vão até onde o céu alcança. Cada faculdade indica quanto é o mínimo necessário num formulário específico, se não estiver lá com certeza vai estar no Affidavit of Support, que se for o caso de patrocínio, o patrocinador deve assinar e anexar os documentos bancários dele. Antes de xingar muito no Twitter, lembre-se que eles pedem isso porque é PROIBIDO trabalhar com visto de estudante.

Vale dizer que é bom estar com a vacinação em dia, com os devidos comprovantes. Algumas faculdades têm pedido esse histórico para poder ver se você não é um transmissor de doenças. Sério, faça isso no Brasil, aqui é caro.

UMich - University of Michigan
UMich – University of Michigan

No caso de cursos de undergraduate eles ainda pedem: cartas de recomendação de professores em inglês ou traduções acompanhadas das originais, notas do SAT ou SAT II (subject test), um ensaio pessoal onde você vai falar um pouco da sua vida, da sua família, dos seus sonhos e aspirações profissionais. Seja sincero, nada de copiar da internet ou pedir pra alguém escrever. Na área de artes, é comum pedirem também um portfolio com suas realizações até o momento.

Pra cursos de graduate, pedem a mais: 3 cartas de recomendação igual ao tópico acima, notas do GRE/GMAT, o ensaio pessoal. No caso do mestrado pedem um pequeno ensaio sobre um tema da área, no caso de doutorados eles pedem um pré-projeto da sua tese.

Harvard
Harvard

Ou seja, cultive uma boa relação com os seus professores, você vai precisar. Além disso, saiba muito bem porque você está fazendo esta escolha profissional e o impacto que estudar nos Estados Unidos vai fazer em você.

Algumas faculdades também pedem um entrevista por telefone ou Skype. Não fique inibido, do outro lado há alguém que já fez isso muitas, muitas vezes e está acostumado com a dificuldade no inglês de algumas pessoas.

Outras questões

Cada uma delas tem prazos próprios para envio da documentação completa e para dar a resposta para o aplicante, então confira no site delas. Geralmente estes prazos terminam bem antes para quem está aplicando de fora dos Estados Unidos, fique ligado!

Não fique frustrado se demorarem para entrar em contato, é normal isso.

Harris School na UChicago
Harris School na UChicago

A burocracia assusta principalmente por causa dos termos desconhecidos para brasileiros, em si é um processo chato e trabalhoso, mas que nem se compara com a burocracia brasileira. Depois que você já tem a sua “pastinha” pronta com tudo, o processo de inscrição é bem mais ágil.

Depois de tudo certo com a instituição de ensino, você ainda tem um bom pedaço pela frente com o recebimento do formulário I-20, agendamento e concessão de visto F-1 no Brasil, que eu vou falar um pouco mais no próximo post.

Formulário I-20 - um passo importante para estudar aqui
Formulário I-20 – um passo importante para estudar aqui

Espero sinceramente que se você leu até aqui este post tenha lhe ajudado.

E acompanhe a gente também pelas redes sociais! Temos conteúdo exclusivo em todas elas, todos os dias: Facebook, Instagram e Twitter.

Té a próxima!

=)

Fotógrafo, barbudo, viciado na Craigslist e wikipedia ambulante.