Atrações, Boston, Parques

Greenway – Um parque linear em Boston

Como vocês devem lembrar (ou não), no primeiro post deste blog falamos sobre o High Line Park, um parque linear suspenso, criado numa linha férrea abandonada, lá em Nova York. Citamos também como ele revitalizou a região, uniu os moradores em torno de uma causa e ainda embelezou a cidade criando mais um espaço de lazer, natureza e arte.

Hoje, o foco será em outro parque linear, mas dessa vez na nossa querida Boston. O parque é o Rose Fitzgerald Kennedy Greenway, ou apenas Greenway, que fica na região central da cidade, começando no North End, passando pelo Waterfront e chegando em Chinatown.

O Greenway

Em 1991, começaram as obras do túneis para melhorar e aumentar a malha viária na região central de Boston. Com isso, o viaduto John F. Kennedy logo tornaria-se sem necessidade, afinal todo o trânsito iria pra baixo da terra. Assim, as organizações civis da cidade viram a oportunidade de criar mais um espaço verde.

Foram mais de 17 anos de discussões e projetos até o Rose Fitzgerald Kennedy ser finalmente aberto em 2008. Ele tem esse nome em homenagem à matriarca da família Kennedy, um dos mais importantes clãs políticos dos Estados Unidos.

Rose Kennedy Greenway no North End
Rose Kennedy Greenway no North End

O parque tem 2.4 km de extensão, indo do bairro North End até o bairro de Chinatown, com aproximadamente 61,000 m² de área. Na verdade, o Greenway é uma junção de vários (seis para ser exato) parques menores em um maior. Ele fica aberto todos os dias, das 7h da manhã até às 23h. Mas de fato, o parque fica aberto direto, pois não tem muros nem grades. A administração se vira com funcionários durante a noite para mantê-lo vazio/seguro.

Regras do Greenway
Regras do Greenway

Hoje o parque é tocado pela ONG Rose Fitzgerald Kennedy Greenway Conservancy e tem aporte financeiro do Estado de Massachusetts e da Prefeitura de Boston. Eles dizem que a cada dólar doado pela população ou empresas, um dólar é doado pelo governo também. Particularmente, acho esse modelo interessante e faz a ONG correr atrás de recursos fora da máquina pública. Além disso, ele recebe mais de um milhão de visitas por ano, ou seja, virou ponto turístico nessa cidade histórica, então todo investimento é válido.

Rose Kennedy Greenway
Rose Kennedy Greenway

Os parques dentro do parque

Os parque que fazem parte do Rose Fitzgerald Kennedy Greenway, em ordem no sentido North End-Chinatown, são:

North End Park: Fica na parte de trás do Boston Public Market e tem um grande gramado verde (por enquanto), além de uma espécie de calçadão com bancos e cadeiras e uma fonte perpendicular a este calçadão. É uma das partes mais floridas de todo o parque.

North End Park, o prédio a direita é o Boston Public Market/RMV
North End Park, o prédio à direita é o Boston Public Market/RMV
North End Park, ao fundo o North End
North End Park, ao fundo o North End
Espécie de calçadão no North End Park
Espécie de calçadão no North End Park
Pegue um livro e sente na grama!
Pegue um livro e sente na grama!

Armenian Heritage Park: É um parque pequeno mas muito bonito, todo dedicado aos imigrantes. Seus dois monumentos famosos são a escultura geométrica, representando as dificuldades que todo imigrante passa ao chegar a um novo país, e o labirinto no chão celebra a jornada da vida.

Entre os dois parque, há a exposição The Fence, com fotos famosas de comunidades no mundo.
Entre os dois parques, há a exposição The Fence, com fotos famosas de comunidades no mundo.
Escultura no Armenian Heritage Park
Escultura no Armenian Heritage Park
Labirinto no Armenian Heritage Park
Labirinto no Armenian Heritage Park

Wharf District Park: Fica bem atrás do Faneuil Hall Marketplace (Quincy Market), e é um dos mais visitados justamente pela sua localização. Lá estão o Carrousel da Tiffany & CO, ótimo para criançada e para os adultos também; o Mother Walk, um passeio com vários nomes no chão para homenagear as pessoas (dá pra comprar aqui); a fonte Rings, que jorra água em intervalos regulares, divertindo a criançada; os quiosques com ingressos e informações sobre as ilhas da baía de Boston e todas as atrações que tem nelas; e o The Great Room que é um grande gramado ladeado por torres de luzes chamadas Light Blades.

Carrousel
Carrousel
Carrousel
Carrousel
Mother Walk
Mother Walk
Homenagem no Mother Walk
Homenagem no Mother Walk
Fonte Rings
Fonte Rings
Fonte Rings
Fonte Rings
Fonte Rings à noite
Fonte Rings à noite
Quiosques sobre as Harbor Islands
Quiosques sobre as Harbor Islands
Light Blades
Light Blades
Great Room
Great Room

Fort Point Channel Park: É o parque que tem maior diversidade de flora de todo Greenway, com exemplares de todos os Estados Unidos. Ali também é onde estão a maior parte das obras da bienal de design, além da escultura mais famosa na cidade atualmente que é a As If It Were Already Here, uma rede translúcida suspensa em cima do parque e com uma iluminação especial. Aproveite para conferir logo, porque ela só vai estar lá até o dia 24 de Outubro. O Consulado do Brasil também fica bem em frente a este parque. Dá uma olhada na montagem dessa obra:

Fort Point Channel Park
Fort Point Channel Park
Fort Point Channel Park
Fort Point Channel Park
Fort Point Channel Park
Fort Point Channel Park
Escultura aérea
Escultura aérea
Obras da bienal de design
Obras da bienal de design
Obras da bienal de design
Obras da bienal de design
Consulado do Brasil em Boston
Consulado do Brasil em Boston

Dewey Square Park: Também é um dos mais visitados por causa da proximidade com a South Station. Ali são realizados, no gramado e na praça, eventos dos mais variados tipos. A Greenway Wall é um grande paredão que todo ano é renovado por um artista de sucesso. Em 2012, uma obra dos grafiteiros brasileiros OSGEMEOS estava exposta lá e ganhou o prêmio de melhor obra pública daquele ano. Hoje em dia, o paredão está expondo A translation from one language to another do artista Lawrence Weiner, que particularmente achei sem graça.

Dewey Square Park
Dewey Square Park
Dewey Square Park
Dewey Square Park
Paredão dos OSGEMEOS. Foto: Facebook - Rose Kennedy Greenway
Paredão dos OSGEMEOS. Foto: Facebook – Rose Kennedy Greenway
Obra atual
Obra atual
Explicação do mural atual
Explicação do mural atual

Chinatown Park: Pra finalizar, um dos maiores parque é esse. Ele foi criado para representar as belezas da Ásia, então espere muitos elementos que vão remeter ao outro lado do mundo. Uma fonte que lembra um rio com pedras, mini-bambus, formatos inusitados e o grande portal de Chinatown fazem parte deste parque. É muito comum ver idosos jogando uma espécie de xadrez por ali.

Chinatown
Chinatown
Portão de Chinatown
Portão de Chinatown

Ou seja, todo o Greenway é bem grandinho, mas se você andar rápido faz o trajeto em meia hora. Já eu, que tenho pernas curtas, levo um pouco mais de uma hora. De todo jeito, sugerimos pegar um mapa aqui.

Como chegar no Rose Kennedy Greenway:

De metrô, começando do North End: Linha Verde ou Linha Laranja até a estação de Haymarket. Saia da estação e vá em direção ao RMV, na rua Blackstone. Ou cruze por dentro do Boston Public Market. Você vai sair bem na frente do North End Park.

De metrô, começando no Wharf District Park: Linha Azul até a estação Aquarium. Saia da estação e você verá o parque bem na sua frente.

De metrô, começando na Dewey Square: Linha Vermelha ou Linha Prata (busão da Silver Line) até a estação South. Saia da estação e você estará na esquina da Dewey Square com o prédio do Federal Reserve.

De carro, dá uma olhada no mapa dos estacionamentos aqui:

Mapa dos estacionamentos
Mapa dos estacionamentos

E pra finalizar, eu gostaria de dizer que o High Line Park em NY é bonito por ser elevado, já o Greenway é bonito pela sua natureza e por unir as regiões da cidade num grande trajeto a pé. Além da grande quantidade de obras de arte ao ar livre, interagindo com a natureza e os prédios dos arredores. Vai vir visitar a cidade? Coloque no seu roteiro e não deixe de ir lá! É um dos nossos lugares favoritos em Boston.

Té a próxima!

😉

Fotógrafo, barbudo, viciado na Craigslist e wikipedia ambulante.