Califórnia, USA

O famoso aquário de Monterey na Califórnia

Preparem-se para um post cheio de fotos 😊

Na viagem de carro pela costa oeste dos Estados Unidos, passei pela pequena Monterey, cidade de 28 mil habitantes e de bastante importância histórica para a Califórnia. Falarei num próximo post sobre isso. Hoje, vamos nos concentrar na principal atração de lá: o Monterey Bay Aquarium. Ele é segundo maior aquário dos Estados Unidos (só perde para o de Atlanta, na Geórgia) e o sexto do mundo. 😱

Um dos maiores do mundo!
Um dos maiores do mundo!

Foi inaugurado em 1984, e está instalado em uma antiga fábrica de sardinhas na Cannery Row, a principal rua do centro da cidade. No aquário, encontramos mais de 35 mil plantas e animais, representando 600 espécies marinhas diferentes, como tubarões, tartarugas, lontras, polvos, águas-vivas, arraias, sardinhas, etc.

A marca de sardinhas Portola era, na década de 1940, a maior empresa de conservas de sardinha em Monterey. E, nessa época, Monterey era o maior porto de conservas de sardinha no mundo.
A marca de sardinhas Portola era, na década de 1940, a maior empresa de conservas de sardinha em Monterey. E, nessa época, Monterey era o maior porto de conservas de sardinha no mundo.
Interior do aquário.
Interior do aquário.

Para aproveitar a visita no aquário, minha dica é ir pela manhã, e chegar um pouco antes das 10h.

Às 10h30m, ocorre a alimentação dos pinguins. Durante 15 minutos, os pesquisadores do aquário alimentam 18 bichinhos, explicando um pouco sobre as características e a vida deles e ainda tirando dúvidas da plateia, que fica do outro lado do vidro. Vale muito a pena e as crianças amam! (Essa alimentação é repetida às 15h).

Aquário dos pinguins, vindos da América do Sul e da África.
Aquário dos pinguins, vindos da América do Sul e da África.
Placas avisando do horário de alimentação.
Placas avisando do horário de alimentação.
Momento em que eles se amontoam para ganhar um peixinho. Eles são bem educados e dão a vez para os próximos da "fila" 😍
Momento em que eles se amontoam para ganhar um peixinho. Eles são bem educados e dão a vez para os próximos da “fila” 😍

No mesmo horário, às 10h30m, para quem preferir, também ocorre a alimentação das lontras. Os aquaristas explicam como treinam e alimentam essas fofurinhas. Evento repetido às 13h30m e 15h30m. Fora do horário das refeições, as lontras ficam brincando com bolinhas e fazendo peripércias na água… O aquário tem dois andares, então no primeiro piso conseguimos vê-las nadando embaixo d’água e no segundo piso, vemos aquelas que estão brincando na superfície.

Lontra na parte alta do aquário. Ô bichinho difícil de fotografar! Tá sempre fazendo estripulias!
Lontra na parte alta do aquário. Ô bichinho difícil de fotografar! Tá sempre fazendo estripulias!

Em 2012, o aquário abriu uma exposição especial chamada “The Jellies Experience” (em português – A experiência gelatinosa). Uma mistura de exibições ao vivo e experiências interativas relacionadas a águas-vivas. Eu adorei essa seção, é muito gostoso ficar acompanhando elas nadando tranquilamente. Nem parece que têm veneno suficiente para matar um de nós, ou nos fazer vomitar por dias inteiros #TraumaDeInfância

Entrada da Jellies Experience.
Entrada da Jellies Experience.
Aquário cheinho delas!
Aquário cheinho delas!
Venenosas, mas lindas. Não dá pra negar.
Venenosas, mas lindas. Não dá pra negar.
Águas-vivas.
Águas-vivas.
Parte do Jellies Experience.
Parte do Jellies Experience.

Mesmo diante de tantos animais surpreendentes, pra mim, as duas atrações de destaque no aquário podem parecer à primeira vista meio sem graça, mas não são: o tanque das sardinhas e a floresta de kelps.

Primeiro, o aquário das sardinhas, que é chamado de Open Sea (mar aberto), onde estão também tartarugas marinhas, tubarões, arraias e atuns. Uma vez por dia, às 11h da manhã, ocorre a alimentação dessa bicharada. O salão para assistir é enorme (assim como o tanque), todo mundo senta no chão e aguarda a apresentação. À medida que os animais vão surgindo no vidro para buscar comida, um pesquisador explica pelo alto-falante a cadeia alimentar que vemos bem na nossa frente.

O público assiste da parte de baixo do aquário e dois pequenos telões mostram o trabalho que está sendo feito na parte de cima, fora da água (funcionários jogando a comida). Quando o cardume de sardinhas aparece para se alimentar, começa o show! Elas brilham com a luz do sol, nadam na mesma direção em busca de comida, e começam a ser atacadas pelos peixes maiores, formando um balé fenomenal! Filmei uma parte para vocês:

Desculpem as tremidas mais para o meio do vídeo, é que o braço cansou de segurar a câmera, hehehe. Mas não é lindo? Esse é o maior tanque do Monterey Aquarium, tendo 4,5 milhões de litros de água.

A segunda grande atração pra mim é a floresta de algas. As kelps são algas marinhas gigantes (chegam aos 80m de comprimento), que vivem em águas frias e formam um dos ecossistemas mais produtivos e dinâmicos da Terra (e que infelizmente estão ameaçados pela ação do homem). Uma grande variedade de vida marinha usa as florestas de kelp para reprodução, proteção e alimentação, por isso elas são tão importantes.

Entrada da Kelp Forest (Floresta de kelps).
Entrada da Kelp Forest (Floresta de kelps).

O aquário de Monterey tem a primeira exposição do mundo com uma floresta de algas vivas. O tanque onde elas vivem tem 10m de altura e mais de 1,2 milhão de litros de água.

Dia e noite, máquinas bombeiam a água do mar da Baía de Monterey para dentro dos aquários e vice-versa, para que as algas e os outros animais vivam o mais próximo possível do que seria estar em mar aberto. Dessa engenharia toda, o que acho mais louco – e extraordinário – é que durante o dia, a água é filtrada para ficar mais clara e permitir que os visitantes enxerguem os animais nos tanques. Já de noite, ela entra em “forma bruta”, trazendo alimentos como o plâncton. Este projeto faz do aquário parte do oceano, permitindo a cultura de organismos como a kelp gigante.

Kelp Forest (e a "giganteza" do aquário).
Kelp Forest (e a “giganteza” do aquário).

Outra engenhoca importante para as algas é uma máquina de onda no topo do tanque, que recria o movimento da água constante, necessário para a manutenção dessa floresta. A parte superior do reservatório é aberta, para maximizar a exposição à luz solar durante o dia, imitando, assim, ainda mais a baía.

Mais que uma atração turística, o aquário abriga importantes laboratórios de ciência marinha. A posição geográfica de Monterey dá aos cientistas acesso ao mar profundo dentro de poucas horas. E a poucos quilômetros da costa está o Monterey Canyon, o maior e mais profundo Canyon submarino da costa do Pacífico na América do Norte, com 3,2 km de profundidade.

O aquário bem na beira da baía de Monterey.
O aquário bem na beira da baía de Monterey.
Barcos usados pelos pesquisadores do aquário para estudar as espécies em alto mar.
Barcos usados pelos pesquisadores do aquário para estudar as espécies em alto mar.

Essa rica vida marinha, aliás, faz da cidade de Monterey um destino popular entre os mergulhadores, iniciantes ou profissionais.

E, para os turistas, esse lindo mar azul é mais uma bela atração do aquário! Do lado externo da construção, um píer nos permite assistir aos leões-marinhos se espreguiçando ao sol (às vezes ele chegam próximo ao aquário, outras é preciso usar o binóculo disponível ali no deque). Dependendo da época do ano, também dá pra avistar baleias em migração.

Tem aquário mais lindo que o mar? #clichê 😏
Tem aquário mais lindo que o mar? #clichê 😏
Lindeza!
Lindeza!

O aquário recebe dois milhões de visitantes ao ano. E em 2015, eu fui uma deles. Fiquei maravilhada com as exposições e a parte externa com esse marzão tão azul. Já gosto de aquários no geral, creio que por influência de ter sido criada em Florianópolis, uma ilha com mais de 40 praias! (e nenhum aquário – nota do Otávio)

Mas esse é um lugar realmente especial. Se estiver na região, reserve umas 3 horas e explore o Monterey Bay Aquarium. Tem muito mais do que mostrei aqui! Veja o mapa completo. E não se esqueça de comprar uma lembrancinha em uma das três lojas lá dentro.

Tentacles Gift Store.
Tentacles Gift Store.
Ocean Discovery Store.
Ocean Discovery Store.

Além disso, também há uma pequena praça de alimentação, com restaurante, café e banheiros. Um bom lugar para descanso, ainda mais pra quem está com crianças.

Praça de alimentação.
Praça de alimentação.

Endereço: 886 Cannery Row, Monterey, CA.

Horário de funcionamento: das 10h às 18h, diariamente.

Entrada: US$ 39,95 para adultos e US$ 24,95 para crianças.

Espero que tenham gostado. E se tiverem dúvidas ou dicas sobre o Monterey Bay Aquarium, deixem nos comentários😃 Té a próxima!

Beijinho da Sépia Faraônica!
Beijinho da Sépia Faraônica!

Administradora, eterna estudante, cozinheira nas horas vagas e viciada em maquiagem.