Atrações, Boston, Esportes

TD Garden – Assistindo Basquete e Hockey em Boston

Boston é a metrópole da região nordeste dos Estados Unidos e sendo assim, conta com times em todos os esportes. Em relação aos estádios e ginásios, para o baseball (MLB) há o Fenway Park, para o football (NFL) há o Gillette Stadium. E finalmente, para o basquete (NBA) e o hockey (NHL) há o TD Garden, bem próximo ao centro da cidade.

Então, nesse post vamos ensinar como chegar lá no The Garden, o que tem e o que ver nesse ginásio-centreventos-arena-estaçãodetrem. É difícil nomear, nós tendemos a chamar de ginásio, os americanos chamam de arena. Vou usar os dois aqui…

TD Garden

TD Garden. Foto: Facebook TD Garden
TD Garden. Foto: Facebook TD Garden

O TD Garden começou a ser planejado em 1988 porquê o antigo ginásio de Boston já estava pequeno demais para os eventos da cidade, além de estar com problemas em sua estrutura. O projeto de construção foi se arrastando até 1993, quando finalmente começou. Essa obra levou 2 anos para ficar pronta e finalmente em 1995, o Boston Garden foi inaugurado.

TD Garden
TD Garden
TD Garden vazio antes do jogo
TD Garden vazio antes do jogo

Uma coisa engraçada é que o nome TD antes do Garden é o nome do patrocinador atual, o Banco TD. Antes disso, a arena já foi chamada de Shawmut Center, FleetCenter e TD Banknorth Garden. De fato, ele já teve 33 nomes diferentes. Isso aconteceu porque, em alguns períodos específicos, foram vendidos via leilão o direito de renomear o espaço por um dia. Hoje em dia, o acordo com o TD Bank é a longo prazo e o banco paga entre US$ 6 e 10 milhões por ano para poder ter o seu nome lá.

TD Garden também é arte!
TD Garden também é arte!

E como eu disse no início deste post, ele é o lar do time de basquete Boston Celtics e do time de hockey Boston Bruins. Para jogos da NBA, ele tem capacidade para 18.624 pessoas sentadas, o quê não o deixa dentro da lista dos 10 maiores ginásios da liga. Para jogos da NHL, ele tem capacidade para 17.565 pessoas sentadas, e também não está na lista dos maiores. A diferença de capacidade entre um esporte e outro é justificada pela instalação da pista de gelo – que é maior – e suas proteções laterais, feita toda vez que há um jogo de hockey.

Diferença quadra de basketball e rinque de hockey. Foto: Facebook TD Garden
Diferença quadra de basketball e rinque de hockey. Foto: Facebook TD Garden

No entanto, o TD Garden é considerado um dos 3 melhores ginásios-arena do país.

Ele tem 70 mil m² em 49 metros de altura, divididos em 5 andares, todos acessíveis por escadas rolantes e elevadores (ou escadas normais se você é fitness). No térreo, fica a estação North Station do Commuter Rail (Linha Roxa), lojinhas e a praça de alimentação. No primeiro andar, fica mais uma loja de produtos e os portões (cancelas com seguranças de fato) que dão acesso aos outros andares do ginásio. Dali pra cima, cada andar é um nível de ingresso e de valor. Quanto mais baixo o andar, mais caro é o ingresso. Além disso, há os espaços exclusivos para clientes com grana e ou grupos grandes. Dá uma olhada aqui num desses espaços.

Saguão da North Station
Saguão da North Station
Saguão da North Station
Saguão da North Station
Loja no primeiro andar
Loja no primeiro andar
Escadas rolantes gigantes
Escadas rolantes gigantes
Ou escadas pros antiquados
Ou escadas pros antiquados

Em cada andar/anel, há uma gama de lojas de alimentação, bebidas e souvenirs, mas prepare-se para perder um rim com os valores. Além de muitos banheiros, esses gratuitos. Dá uma olhada aqui embaixo pra ver o mapa dos andares superiores:

Mapa de Lojas no anel superior. Foto: Site TD Garden
Mapa de Lojas no anel superior. Foto: Site TD Garden

Se você ficar perdido, ou não souber falar inglês muito bem, não se preocupe. Há funcionários aos montes e todos eles são super educados e didáticos.

Tudo é identificado e é difícil se perder
Tudo é identificado e é difícil se perder
Podia ser um shopping mas é um ginásio
Podia ser um shopping mas é um ginásio
Mais arte
Mais arte

Já assistimos o jogo do Celtics na quarta fila, graças a nossa amiga Alaínes. Quase dentro da quadra, sentíamos o suor, ouvíamos os palavrões e as conversas dos jogadores, hehehe. Mas também já assistimos um jogo da última fila, no último anel, lááááááá em cima. A vantagem é que dá pra enxergar o telão bem melhor, você tem uma visão mais completa da arena e interage com os viciados no jogo. Afinal, no fundão as pessoas são sempre mais animadas. São experiências diferentes com valores diferentes, mas de todo modo divertidas. Quer dar uma olhada na diferença de preços? Só clicar aqui pra ver os ingressos de basquete e aqui para ver os de hockey.

Visão da quarta fila
Visão da quarta fila
Visão lá de cima
Visão lá de cima

Eu, como não gosto de altura e curto uma cadeira confortável para apoiar meu bumbumzinho, preferi assistir debaixo. Mas como não vou poder bancar outra ida lá tão cedo, me contento com os andares superiores.

Toda as entradas para as arquibancadas são numeradas, aí é só olhar o seu ingresso
Toda as entradas para as arquibancadas são numeradas, aí é só olhar o seu ingresso
Última fila!
Última fila!

Chegando lá

O TD Garden fica na região de Downtown North, entre o West End e o North End, bem próximo ao Charles River e à Bunker Hill Bridge. Mas o maior ponto de referência é a North Station.

Para chegar de Metrô: Linha Laranja ou linha Verde até a North Station. Infelizmente as linhas do metrô, não saem dentro do TD Garden. Então, ao sair do seu trem, siga as indicações em direção ao TD. É bem provável que você vá sair ao lado da porta de entrada do ginásio.

Para chegar de Commuter Rail/Linha Roxa: As linhas Fitchburg, Lowell, Haverhill, Newburyport e Rockport tem a North Station como ponto de partida/final. Você vai sair num dos trilhos localizado no térreo do TD Garden. Aí é só subir as escadas rolantes para o primeiro andar.

Quadra do Celtics. Foto: Facebook TD Garden
Quadra do Celtics. Foto: Facebook TD Garden

A pé, a partir do Boston Common: Saia do Common no canto nordeste do parque na Beacon Street, siga o fluxo desta rua à direita. Vire à esquerda na Bowdoin Street. Vire à esquerda na Cambridge Street e logo em seguida vire à direita na Staniford Street. Siga nela até virar Causeway Street, que é a rua que dá em frente ao TD Garden.

De carro: O endereço oficial do TD Garden é 100 Legends Way. Eles sugerem estacionar no próprio TD Garden, pagando uma taxa fixa de US$ 45. As entradas para esse estacionamento são na 121 Nashua Street e na 140 Causeway Street.

Vale ou não vale?

Não há comparação entre assistir um jogo ao vivo na arena e um jogo em casa pela TV. Só de ouvir o som do jogo em si já vale. Lógico que ouvir mais de 10 mil pessoas torcendo, gritando e aplaudindo também vale. Sem contar as dancinhas e atrações nos intervalos. E claro, é mais do que seguro levar a família toda para assistir. A bem da verdade, é muito comum ver famílias inteiras, bem diferente dos estádios brasileiros.

Apresentação no intervalo
Apresentação no intervalo
Essa é a minha cara de feliz
Essa é a minha cara de feliz

Por outro lado, o preço do ingresso é salgado, principalmente para quem vem visitar a cidade e faz a conversão Real para Dólar. Mas se você nunca foi assistir um esporte americano, é um ótimo lugar para começar. Principalmente porquê é fechado/coberto, ou seja, nem a chuva, nem o sol, nem a neve, nem neblina, vão atrapalhar a sua experiência.

Té a próxima!

😉

Fotógrafo, barbudo, viciado na Craigslist e wikipedia ambulante.