Boston, Transporte

Usando o “T”- Sistema de transporte público em Boston – Parte 2

Continuando o post de ontem, hoje vamos escrever sobre as linhas do metrô do transporte público em Boston.

Elas são identificadas de duas formas. Pelas cores (Azul, Vermelha, Laranja, Verde) e pelas direções (inbound, northbound, outbound e southbound).

Mapa das linhas do metrô de Boston. Fonte: Wikipedia
Mapa das linhas do metrô de Boston. Fonte: Wikipedia

Eles consideram a linha cinza do BRT como uma das linhas do metrô. Já eu não. Pra mim, é uma enganação.

Vamos explicar as direções primeiro:

– Inbound, ou seja, em direção ao centro de Boston. Esteja onde você estiver, se você quiser ir para o centro a direção é inbound.

– Outbound é o contrário da direção explicada acima. Ou seja, saindo do centro em direção aos subúrbios.

– Já essas são pouco usadas/entrando em desuso: Northbound é direção ao norte de Boston, já Southbound, logicamente, é ir em direção ao sul.

Linha Verde

Se eu puder descrever esta linha em uma palavra seria LENTA. Afinal, nada mais é do que um bondinho modernizado. Lembram de ontem que eu falei que Boston tem o metrô mais antigo dos EUA? Linha verde!

Linha Verde. Fonte: Wikipedia
Linha Verde. Fonte: Wikipedia

São composições pequenas, de 2 a 4 vagões, de superfície, com piso baixo e poucos assentos.

Ela se divide em 4 ramificações após a estação de Copley: Boston College (B), Cleveland Circle (C), Heath (E) e Riverside (D – que é a mais longa de toda) no lado oeste (subúrbio) e, após passar pelo centro, vão até a estação de Lechmere, já depois do Charles River. Mesma coisa no sentido inverso.

Ramificações da linha verde.
Ramificações da linha verde.

A principal estação aqui é a Park Street, que de fato é a estação mais movimentada de Boston.

Pontos interessantes nessa linha: Prudential Center, Museum of Fine Arts, o Museum of Science e o estádio do Red Sox na estação Kenmore.

Linha Laranja

A segunda mais antiga do sistema, ou seja, trens velhos. Essa linha, apesar de correr boa parte do tempo em superfície, já pode ser considerada de fato um metrô, por causa da velocidade e tamanho das composições.

Linha Laranja. Fonte: Wikipedia
Linha Laranja. Fonte: Wikipedia
Vagão do metrô da linha laranja
Vagão do metrô da linha laranja

Ela é uma linha única, saindo da estação de Forest Hills no oeste da cidade e indo até a estação de Oak Grove no norte, já na cidade de Malden. E vice-versa.

A principal estação é a de Downtown Crossing, obviamente lá no centro.

Mapa da linha laranja. Fonte: Wikipedia
Mapa da linha laranja. Fonte: Wikipedia

Pontos interessantes nessa linha: Estações de Back Bay e North Station, que são grandes terminais rodoviários e ferroviários ligando Boston com outras cidades americanas; e a Haymarket, pertinho do Quincy Market, um mercadão público ótimo para comidinhas.

Linha Azul

Essa linha única corre do sentido leste da cidade em direção ao centro e vice-versa. De Bowdoin até a praia de Wonderland (que era tipo Coney Island) na cidade de Revere. É considerada pelos bostonians como melhor linha, principalmente por causa da, relativamente, nova modernização realizada.

Trem da linha Azul. Fonte: Wikipedia
Trem da linha Azul. Fonte: Wikipedia

A principal estação é a State (enquanto a Government Center está fechada para reformas).

Mapa da linha azul. Fonte: Wikipedia
Mapa da linha azul. Fonte: Wikipedia

Pontos interessantes nessa linha: Outra linha fácil para chegar ao Quincy Market. O New England Aquarium e o Aeroporto também ficam na Azul.

Linha Vermelha

Ela começa em Alewife, na cidade de Cambridge, indo até a estação da Universidade de Massachusetts (UMass) como linha única, lá ela se divide em duas ramificações: Ashmont na parte sudoeste, na divisa com a cidade de Milton e Braintree já na cidade homônima, passando também pela cidade de Quincy.

Trem da linha Vermelha. Fonte: Wikipedia
Trem da linha Vermelha. Fonte: Wikipedia

Vale dizer que, depois de Ashmont, ainda há uma linha de bondinho que vai até o bairro de Mattapan. E não se engane se ver o termo High Speed Line, isso é só uma herança histórica de comparação entre os bondes e os carros.

High Speed Line. Imagine... Fonte: Wikipedia
High Speed Line. Imagine… Fonte: Wikipedia
Mapa da linha e ramificações vermelhas. Fonte: Wikipedia
Mapa da linha e ramificações vermelhas. Fonte: Wikipedia

As principais estações são Park e Downtown Crossing.

Nessa linha ficam as universidades famosas: Harvard, MIT e UMass.

Mais comentários

Como você pode perceber, as linhas todas vão para o centro e não há uma linha que ligue somente os subúrbios. Nem ao menos entre duas linhas há uma ligação.

Mas eu descobri que antigamente a linha verde e a linha laranja se encontravam na estação de Forest Hills e há planos para reativar esse trecho, que foi desativado porque era muito trabalhoso ligar os trilhos dos bondinhos com os trilhos das composições da laranja. Mas né? A engenharia moderna tá aí pra isso.

Chegando na estação Science Park para ir no Museum of Science.
Chegando na estação Science Park para ir no Museum of Science.

Pode ser divagação minha, mas acredito que já que a maioria das linhas não tem espaço para múltiplos trens (ou trens expressos) seria melhor diminuir o trajeto sempre terminando/começando no centro. Acho.

Outra sugestão nossa é que você baixe os aplicativos sobre o sistema para o seu celular: BostonTMap, ProximiT e o Embark Bos. Ou tenha em mão um mapa. Afinal ele não é tão grande quanto o de NYC mas a primeira vez pode ser confusa.

Por enquanto, é isso! Té a próxima!

Fotógrafo, barbudo, viciado na Craigslist e wikipedia ambulante.