Balão!
Outras Cidades de Massachusetts

Verão é tempo de balão na Nova Inglaterra

Falta pouco mais de um mês para o fim do verão no hemisfério norte, e o que mais nos impressionou foi a mudança na cidade durante essa estação. Muita gente na rua, a cidade com muitas atrações ao ar livre e um calor massacrante.

Nós entendemos que depois de um dos invernos mais rigorosos dos últimos anos, todo mundo queria colocar o seu chinelo e sair pra rua para aproveitar e confraternizar.

E sendo a Nova Inglaterra uma região peculiar dos Estados Unidos, não podia faltar uma atração peculiar.

Viciados em balões
Viciados em balões

O balão

Antes de tudo, vale lembrar que aqueles balões de São João, feitos com papel-seda e velas são proibidos no Brasil e não são o propósito deste post, ok?

O balonismo é uma das formas primordiais de voar por aí, tendo surgido em 1793 na França. E o seu funcionamento é bem simples: inflar o balão (que é feito do mesmo material que os paraquedas) de ar, com a ajuda de um ventilador gigante, acender os queimadores de combustível propano e aquecer o ar interno com eles. É esse aquecimento, que expande o ar interno, que faz o balão subir. Pra descer, o piloto, que fica numa cesta embaixo, puxa uma corda que abre um pequeno espaço lá no topo, deixando esse mesmo ar quente sair. Entenderam? Claramente eu não sou um engenheiro aeronáutico, né…

É fogo!
É fogo!
Detalhe dos queimadores
Detalhe dos queimadores

Esse balão de ar aquecido é o mais conhecido de todos os tipos, por isso não vou entrar em detalhes dos outros. Bom, parece ser bem fácil, mas não. A prática é bem diferente e exige uma equipe grande de pelo menos 5 pessoas, afinal o balão é enorme e precisa ser conferido nos mínimos detalhes antes de subir, afinal ele inteiro pesa mais de 3 toneladas se for carregar passageiros.

Equipe grande
Equipe grande

No Brasil, eles são regulamentados pela ANAC, a Agência Nacional de Aviação Civil, e tem número e registro próprios como toda aeronave. Aqui nos Estados Unidos é igual, os balões são registrados com a FAA, Federal Aviation Administration, a similar (sem comparações) da ANAC aqui. Além disso, os pilotos também são certificados e tem uma licença especial.

Cesta na caçamba
Cesta na caçamba
Outro ângulo
Outro ângulo

Vendo e voando na Nova Inglaterra

Como o relevo da região da Nova Inglaterra é quase que plano, com grandes florestas e plantações, o balonismo ganha força aqui nesse período, surgindo muitos festivais em pequenas cidades de Massachusetts e nos estados vizinhos. Vale muito a pena ir nesses festivais, é uma forma de conhecer a cultura americana de verdade, famílias no gramado, música e comida boa, sotaques fortes e um povo alegre, sorridente e receptivo com todos, sempre disposto a bater papo a troco de nada.

Demostração dos cães da polícia
Demostração dos cães da polícia
Tamanho do balão em proporção às pessoas
Tamanho do balão em proporção às pessoas

Geralmente, eles cobram uma entrada baixa de US$ 5 à 15, que ajuda a custear a estrutura do evento. Leve uma toalha, estique na grama e aprecie os balões. A dica é ir no começo do dia ou no final, porque é muito melhor olhar pro céu nessas horas, que no sol do meio dia.  Além disso, são nessas horas que os balões sobem…

Tia faturou uma grana pra deixar o povo entrar na lona
Tia faturou uma grana pra deixar o povo entrar na lona

Os donos dos balões nos festivais cobram entre US$ 5 a 20 para você entrar na lona do balão enquanto ele está enchendo, o que é bem legal para crianças. Já um vôo panorâmico pela região sai entre US$ 50 e US$ 250. Se você conseguir uma pechincha, estará no lucro.

Balões
Balões

Em junho, o principal festival é o de Quechee, em Vermont. Julho é o mês mais movimentado, tendo o Stoweflake em Vermont, o South County em Rhode Island, o Hillsborough em New Hampshire e o Green River em Massachusetts (este último bem famoso). Em agosto, o Pittsfield em New Hampshire, o Great Falls e o Crown of Maine no Maine e o Hudson-Concord Elks em Massachusetts.

Hudson-Concord Elks Balloons and Blues Festival
Hudson-Concord Elks Balloons and Blues Festival

E foi nesse último que nós fomos nesse final de semana, na cidade de Hudson, cerca de 50 minutos de Boston.

Pagamos US$ 10 pelo dia inteiro, apesar de termos chego lá perto das 15h, pois sabíamos que os balões iam decolar às 18h. Mas assim que chegamos, percebemos que o tempo estava mudando e começando a fechar, então aqui vai mais uma dica: acompanhe a previsão do tempo. Não vale de nada ir ao evento sabendo que vai chover. Os donos dos balões não curtem nem chuva nem vento e não botam eles para fora e muito menos voam.

Entrada no Hudson-Concord
Entrada no Hudson-Concord
Barraquinhas de artesanato e comidinhas
Barraquinhas de artesanato e comidinhas
Galera curtinho um blues...
Galera curtinho um blues…

Apesar disso, dois donos foram corajosos, um deles abriu o balão na grama, inflou para a galera entrar na lona e ganhou um dinheirinho. Já o outro, que era bem menor, foi posto no ar mas sem sair no lugar, só subindo e descendo, até o tempo fechar de verdade (essa, aliás, foi a noite que mais choveu no mês na região), o balão ficar descontrolado e alguns gritinhos histéricos rolarem.

Botando o balão na grama
Botando o balão na grama
Enchendo com ajuda do ventilador
Enchendo com ajuda do ventilador
Detalhe do processo de enchimento
Detalhe do processo de enchimento
Muita gente em volta
Muita gente em volta
Entrando...
Entrando…
Entrando 2
Entrando 2
Lá dentro...
Lá dentro…

No final das contas, valeu a pena porque nunca tínhamos visto um balão de perto, muito menos sabíamos como era o processo para colocar no ar. E foi uma tarde muito gostosa com comidinhas, muito descanso no gramado e um bom blues rolando ao fundo. Além disso, o povo era muito simpático.

Preço da comida
Preço da comida
No ar...
No ar…
Detalhe da equipe
Detalhe da equipe
Queimando!
Queimando!
Tempo fechando...
Tempo fechando…
Tchau balão
Tchau balão

Então, se você estiver na região da Nova Inglaterra no verão, aproveite e vá conhecer os balões, com certeza será um dia animado e um passeio inesquecível.

Baselfie
Baselfie

Té a próxima! =)

Ah! Se quiser ver um pouco mais dos nossos passeios e aventuras pela região de Boston, é só clicar aqui.

E siga a gente também nas redes sociais: Instagram, Twitter e Facebook. Te esperamos por lá!

Fotógrafo, barbudo, viciado na Craigslist e wikipedia ambulante.