Boston, Vida de Au Pair

Vida de Au Pair nos Estados Unidos

Oi, eu sou a Manoela, Pedagoga formada pela Universidade Federal de Santa Catarina, tenho curso de Educação Montessori, experiência de 2 anos em uma escola Montessoriana e sou Au Pair em Boston desde Janeiro de 2017.

Quando eu decidi ser Au Pair eu encontrei poucas informações sobre o programa na internet, mas ouvia muita gente falar sobre ele. Meu sonho sempre foi fazer intercâmbio e morar na AUSTRÁLIA, mas com o dólar nas alturas e meu nível básico de inglês, não me sentia segura para encarar uma experiência tão cara e tão distante. Além de outras coisas que me fizeram reavaliar as opções e me colocaram de frente com o Au Pair Program.

Muita gente me pergunta o que é preciso para ser Au Pair e se é mesmo confiável esse tipo de intercâmbio, então eu vou falar um pouquinho sobre os primeiros passos que é preciso dar para ser Au Pair nos Estados Unidos. Há o programa em outros países da Europa, na Austrália e Nova Zelândia mas não se tem muitas informações sobre eles, visto que não há uma agência responsável por dar entrada nesse processo junto às embaixadas desses países.

Para os Estados Unidos, as agências são cadastradas no Departamento de Estado Americano e cumprem requisitos básicos para serem responsáveis pelo “meio de campo” entre os candidatos e as famílias e tudo que envolve esse tipo de intercâmbio.

Capa do catálogo sobre o programa Au Pair da agência Cultural Care – é lindo na foto, delicioso na prática, mas precisa ter jogo de cintura e gostar (muito) do que está fazendo. Foto: Guia Cultura Care Au Pair

Requisitos para ser Au Pair:

Bom, pra começar, se você adora e tem alguma experiência com crianças, tem entre 18 e 26 anos, nível de inglês que consiga compreender, escrever, perguntar e responder na língua inglesa, está em busca de uma experiência com a cultura americana, o Au Pair Program é pra você!

Não se trata só de viver como um americano e compartilhar sua cultura, você vai fazer parte de uma família, compartilhar seu dia-a-dia com eles e ainda dar um up no seu inglês. A ideia principal do programa é o cuidado com as crianças. Muitas famílias buscam o Au Pair por ser uma maneira barata de ter alguém em casa cuidando da rotina dos seus filhos. Além, claro, da troca de cultura, você tem que estar ciente de que vai morar no seu local de trabalho.

Para quem está buscando uma imersão no inglês, esse programa é excelente, pois você passa a conviver diariamente com a língua, é uma forma barata de viajar e ainda por cima ganhar um salário e um curso (a sua escolha) pagos pela família. A duração do Au Pair é de 1 ano, podendo estender-se a 6, 9 ou 12 meses. O visto é o J1, o mesmo para programas de intercâmbio e você pode definir o que quer e onde quer estudar quando chegar aqui.

O Au Pair Program é para mulheres e homens com idades entre 18 e 26 anos, nível médio de escolaridade (você precisa comprovar que concluiu o ensino médio), carteira de motorista válida, nenhum antecedente criminal, passar por um nivelamento de inglês e claro, ter experiência comprovada com crianças, no mínimo 200h.

É homem e quer ser um Male Au Pair? Busque experiência no cuidado de crianças. Tem espaço para todo mundo! Foto de um brasileiro Male Au Pair em Berwyn, Illinois. Foto: http://rcronin.aupairnews.com/2009/09/16/mainline-today-male-au-pair-article-featuring-rebecca-cronin/
É homem e quer ser um Male Au Pair? Busque experiência no cuidado de crianças. Tem espaço para todo mundo! Foto de um brasileiro Male Au Pair em Berwyn, Illinois. Foto: http://rcronin.aupairnews.com/2009/09/16/mainline-today-male-au-pair-article-featuring-rebecca-cronin/

Para os homens é um pouco diferente, eles precisam ter um inglês avançado e mais de 500 horas de experiência. O requisito muda um pouco, mas as chances de conseguir uma família são as mesmas.

Famílias com 1, 2 e até 5 crianças, tem para todos os gostos e experiências. Idades mistas, gêmeos, pais e mães solteiros, casais homossexuais, conservadores e “moderninhos”… O perfil das famílias é bastante variado.

Algo que eu considero importante destacar é que durante todo o processo você entra em contato com as famílias que buscam o que você tem a oferecer. Então se o seu sonho é fazer um intercâmbio para estudar inglês e morar na Califórnia, você até gosta de criança mas só cuidou dos filhos da sua prima, o Au Pair pode não ser o ideal para você!

Primeiro porque você e as famílias tem contato por conta das informações do seu perfil, você não escolhe para qual cidade vai e você não escolhe para qual família ir. Todo o processo é longo e demanda tempo, paciência e muita clareza no que você está buscando. Lembrando que é um intercâmbio de cuidado de crianças, e que se você quer estudar na Califórnia o ideal é buscar por um programa específico de estudo por lá.

O horário de trabalho é de 45h semanais, divididas em no máximo 10h por dia, tendo um dia e meio de folga por semana e um final de semana por mês. Temos direito a 2 semanas de férias remuneradas e 1 mês sem remuneração no final de um ano (para quem não estender). Quem estipula os horários são as famílias (Host Families) e elas são responsáveis por definir as folgas. Claro que tudo pode ser conversado, e as férias você pode definir junto com eles. O valor do salário é de U$195,75 por semana e você não pode receber extras nem trabalhar mais horas do que as determinadas pelo programa.

Os gastos com o Au Pair Program em cada agência podem variar de um ano para o outro, dependem também de algumas promoções e tem algumas que até bonificam caso você seja fluente no inglês e tenha mais de 500h de experiência comprovada com crianças menores de 2 anos (Infant Qualified- IQ).

Eu sou IQ, mas não sou fluente no inglês. Nem adiantou chorar por conta das mais de 1000 horas com menores de 2 anos, ser fluente é uma exigência.

Quanto custa para tornar-se Au Pair nos EUA:

As agências mais procuradas no Brasil, para o Au Pair Program aqui nos Estados Unidos, são: Cultural Care (CC), AuPair Care (APC), AuPair In America (APIA) e InterExchange (IEX).

Os valores do programa das diferentes agências são:

Cultural Care (CC):

Entrevista: R$40,00 + Inscrição: R$310,00 + Valor do programa: R$ 3630,00 à vista ou parcelado.

Valor especial: R$2130,00 à vista.

AuPair Care (APC) – Interexchange (IEX)- World Study:

Valor do programa: U$790,00 á vista.

APC- STB:

Valor do programa: U$700, entrada de 10% + Saldo em até 5x no cartão.

IEX- TravelMate:

Valor do programa: U$620. Pode ser parcelado em até 10x

AuPair In America(APIA)- Experimento:

U$795,00 á vista; U$860 Parcelado (boleto bancário, Santander, Visa ou Master).

A pesquisa de valores foi feitas para o primeiro semestre do ano de 2017 e pode sofrer alterações.

Eu vim pela Cultural Care e posso dizer que tive um ótimo acompanhamento durante todo o processo. Somente após o Match (nome que a gente dá depois que escolhe a família e somos escolhidos por ela) é que eu descobri que existem vários grupos no Facebook de meninas e meninos que já estão aqui, que estão no processo e que já foram Au Pairs dando várias dicas sobre o programa (coisas que a agência não conta). Além disso, existem alguns blogs e vlogs no youtube que tratam do assunto.

Tem também o meu Instagram onde eu conto um pouco da rotina de uma Au Pair e tiro dúvidas a respeito dessa vida segue lá: @manu.aupairlife

Livros e mais livros!
Livros e mais livros! Foto do meu instagram

Há algumas outras informações a respeito de todo o processo, como funciona para se inscrever e o que é preciso fazer para ter o match com a família dos sonhos, coisas que a agência não conta e que você pode se informar com quem já passou por tudo isso e está aqui vivendo essa experiência.

A Lu e o Otávio disponibilizaram um espaço aqui no Roteiros & Relatos onde eu vou falar um pouco mais sobre todos os passos para ser Au Pair nos Estados Unidos. O que eu tenho a dizer, por enquanto, é que vale muito a pena, sendo você formado na faculdade, recém saído do ensino médio ou buscando um rumo na vida. Desde que tenha certeza de que é isso que você está buscando para ser feliz e comprometimento com aqueles que estão aqui esperando por você: a sua família pelos próximos 12 meses.

Ficou com alguma dúvida? Deixe um comentário aí embaixo ou nas nossas redes sociais: @manu.aupairlife e @blogroteiros

Uma ótima semana pra todos!

Pedagoga Montessoriana e Au Pair em Boston desde Janeiro de 2017.