Atrações, Atrações Gratuitas, Nova York, Tours

Visita guiada na sede da ONU

Na nossa última viagem à NY, fizemos um passeio que cobiçava há muito tempo: a visita guiada no prédio da ONU. Muitas pessoas passam em frente ao United Nations Headquarters, batem fotos da fachada do prédio, mas desconhecem a possibilidade de conhecê-lo por dentro. E, anotem aí, é uma visita e tanto!

Antes de narrar como foi o nosso tour, explico como participar. As visitas ocorrem de segunda à sexta-feira, das 9:00 às 16:30. Só não há tour quando é feriado nos Estados Unidos ou quando acontecem reuniões de Chefes de Estado ou delegações.

Aos sábados e domingos, o Centro de Visitantes fica aberto das 10:00 às 16:30, porém não há a opção de fazer a visita guiada. E não sei até que ponto você pode perambular dentro da ONU sem um guia.

Os ingressos custam $18 para adultos e $9 para crianças (5-12 anos). Devem ser comprados online e com antecedência, pelo site: http://visit.un.org/content/tickets Geralmente estão à venda ingressos para os próximos 3-4 meses. Você vai escolher a data e o horário da visita, e essa informação será impressa no seu ingresso. Para não ter conflito de agenda, é importante já ter as datas de chegada e saída de NY confirmados, assim como outros passeios, antes de fechar a compra do ticket. Não há devolução do dinheiro caso você desista do passeio ou se atrase.

Escolhendo a data da visita. Após definir o dia, clique em "Select".
Escolhendo a data da visita. Após definir o dia, clique em “Select”.

Já sabe os dias que estará na Big City? Então bóra comprar os tickets! Clique no mês correspondente, selecione o dia da sua preferência e confira os horários disponíveis. As visitas ocorrem a cada 15 minutos e, apesar de muitas todos os dias, diversos horários estarão “Sold Out” (esgotados). A sede da ONU recebe mais de 1 milhão de visitantes por ano, cerca de 2.750 pessoas por dia! Dá pra entender, né?

Escolhendo o horário da visita. Atenção para o idioma do tour, entre parênteses. Se não houver nada escrito, é em inglês.
Escolhendo o horário da visita. Atenção para o idioma do tour, entre parênteses. Se não houver nada escrito, é em inglês.

As visitas duram cerca de 1h e são em sua maioria em inglês. Uma vez por semana, tem um tour em português. Se você quiser optar pelo português, aí compre com mais antecedência ainda, pois é bastante concorrido. Já para grupos com mais de 20 pessoas, dá para entrar em contato com a ONU e solicitar um guia em português para o grupo.

Bom, comprado o ingresso, você o receberá por e-mail, podendo imprimi-lo ou apresentá-lo em seu smartphone, no momento da entrada. Deve chegar à ONU com 30 minutos de antecedência, para passar pelos procedimentos de segurança e dirigir-se até o local onde começam os tours. Tenha consigo, além do ingresso, um documento válido com foto (passaporte). Na entrada, rola aquele “excesso” de trâmites de segurança: tira o calçado, tira o cinto, tira o casaco, revista a bolsa, passa pelo detector de metais, etc. Mas os funcionários são educados e prestativos. Pra gente, todo o procedimento durou menos de 10 minutos.

Sobre a Organização das Nações Unidas (ou UN – United Nations em inglês)

A ONU foi fundada após a Segunda Guerra Mundial (em 1945), com intuito de deter novas guerras entre países e fornecer uma plataforma para o diálogo. Hoje, tem objetivos para além da manutenção da paz e segurança internacionais, atuando na promoção de melhores condições de vida e a defesa dos direitos humanos.

Sua sede foi construída entre 1949 e 1952, com projeto arquitetônico do brasileiro Oscar Niemeyer. Funciona em um enorme quarteirão no East Side de Manhattan. A entrada do Centro de Visitantes fica na 1st Avenue, na altura da 47th Street.

Existem atualmente 193 membros na ONU, incluindo quase todos os países do mundo. São esses países, aliás, que mantém a instituição (financeiramente falando). É uma organização dividida em instâncias administrativas. A principal delas, é a Assembleia Geral, que se reúne uma vez por ano, para tratar sobre recomendações sobre a paz e segurança, eleição de membros, admissão, suspensão e expulsão de membros e questões orçamentais. Cada país membro tem um voto (incluindo Brasil!).

Sala da Assembleia Geral da ONU.
Sala da Assembleia Geral da ONU.

Já o famoso Conselho de Segurança é responsável por manter a paz e a segurança entre os países do mundo. Enquanto os outros órgãos só podem fazer recomendações, o Conselho de Segurança tem o poder de tomar as decisões, podendo inclusive autorizar intervenções militares para garantir a execução de suas resoluções. É composto por 5 membros permanentes: China, França, Rússia, Reino Unido e Estados Unidos; e outros 10 membros temporários, mantidos em mandatos de dois anos. Atualmente são: Áustria, Bósnia e Herzegovina, Brasil, Gabão, Japão, Líbano, México, Nigéria, Turquia e Uganda.

Entrada da sala do Conselho de Segurança.
Entrada da sala do Conselho de Segurança.
Sala do Conselho de Segurança.
Sala do Conselho de Segurança.

O Conselho Econômico e Social auxilia a Assembleia Geral na promoção da cooperação econômica e social e do desenvolvimento internacional. A sala foi um presente da Suécia para a ONU, tendo sido renovada em 2013. Antes ela era assim.

Conselho Econômico e Social
Conselho Econômico e Social

O Conselho de Direitos Humanos promove e fiscaliza a proteção dos direitos humanos (dã!) e propõe tratados internacionais sobre esse tema.

Câmara do Conselho de Direitos Humanos.
Câmara do Conselho de Direitos Humanos.

Além de todas essas salas, os corredores da ONU trazem muitas obras de arte e informações sobre os projetos mantidos pela instituição. Você pode conhecer, por exemplo, o trabalho realizado em prol dos direitos humanos, o desarmamento de minas terrestres e as ações de combate à miséria.

Norman Rockwell Mosaic: Mosaico retrata as missões humanitárias da ONU
Norman Rockwell Mosaic: Mosaico retrata as missões humanitárias da ONU
Exibição Peacekeeping: As ações da ONU para manter a paz no mundo.
Exibição Peacekeeping: As ações da ONU para manter a paz no mundo.
Exibição Peacekeeping: As ações da ONU para manter a paz no mundo.
Exibição Peacekeeping: As ações da ONU para manter a paz no mundo.

Também passamos pelos quadros dos 30 artigos da Declaração Universal dos Direitos Humanos, que foram desenhados por Octavio Roth, um artista brasileiro não muito conhecido no Brasil (uma pena!).

Declaração Universal dos Direitos Humanos
Declaração Universal dos Direitos Humanos

Há, ainda, uma seção de desarmamento, onde vimos destroços colhidos na explosão de Hiroshima e Nagasaki e de várias minas terrestres, principalmente na África.

Estátua de St. Agnes, encontrada nas ruínas de uma catedral católica em Nagasaki, Japão, em 1945. A catedral foi destruída pela bomba atômica. A estátua resistiu, apresentando sinais de carbonização e manchas, resultado do calor e radiação intensa.
Estátua de St. Agnes, encontrada nas ruínas de uma catedral católica em Nagasaki, Japão, em 1945. A catedral foi destruída pela bomba atômica. A estátua resistiu, apresentando sinais de carbonização e manchas, resultado do calor e radiação intensa.

Após o encerramento da visita, você pode passar na loja de souvenirs e comprar um zilhão de coisas com o logo da ONU: de material de escritório a roupas, tem produto para todos os gostos. Também, uma dica esperta: lá dentro há um posto de atendimento do “correio” americano (Post Office), onde você pode carimbar seu passaporte com o selo da ONU. Isto porque, o terreno da ONU é considerado um território internacional, fora dos EUA.

Direções

Como chegar de metrôVocê pode pegar as linhas 4, 5, 6 ou 7 do metrô e descer na Grand Central Station. São cerca de 15 minutos caminhando até a 1st Ave. Se estiver com preguiça, pode ali pegar o ônibus M42.

Como chegar de ônibus: As linhas que possuem paradas próximas a entrada de visitantes são: M15, M42 e M50.

Quer ver mais posts sobre New York? Clique aqui 🙂

Administradora, eterna estudante, cozinheira nas horas vagas e viciada em maquiagem.